O que faz um advogado?

Advogar é uma profissão importante – e necessária - em quaisquer países. Mas você sabe o que faz um advogado e quais são suas funções principais? Clique aqui e descubra!

Todas as profissões são importantes dentro de uma sociedade. O advogado, por exemplo, cumpre um papel fundamental para o funcionamento adequado da justiça.

A seguir, você vai entender como você pode se transformar em um advogado e as principais categorias existentes nesse meio, bem como suas principais responsabilidades, além da importância de advogar.

Confira mais detalhes aqui, no Advogado Trabalhista RJ!

o que faz um advogado

Como ser um advogado?

Para que você possa atuar como um advogado, é preciso se formar como bacharel em direito. Geralmente, o curso tem duração de 10 semestres – ou 5 anos. Além disso, o futuro profissional também necessita passar no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Se for aprovado, você recebe um registro na OAB e, então, já pode começar a exercer a sua profissão. Depois, é possível se especializar em alguma área do direito.

Principais responsabilidades de um advogado

O advogado tem como principal responsabilidade a defesa dos interesses do seu cliente, baseando-se nas leis vigentes do país. Pode atuar representando pessoas física e jurídica e tem diversas áreas do direito para se especializar, como o civil, criminalista, digital, entre outros.

Ele pode exercer o papel de defesa, quando seu cliente está sendo acusado em algum crime ou infração diante da legislação; ou de acusação, a fim de representar os interesses do cliente que está sendo prejudicado devido a acusação de outra pessoa.

No próximo tópico, você vai conhecer alguns dos principais tipos de advocacia.

Conheça os diferentes tipos de advocacia

O direito abrange uma ampla lista de possibilidades de atuação. Veja quais são os diferentes tipos de advogado que existem:

Advogado Civil

Esse tipo de advogado está mais relacionado com a defesa dos interesses pessoais de cada cliente diante da legislação vigente. Pode ser representante de pessoas jurídica ou física. As principais atividades de um advogado civil incluem: divórcio, compra e venda, indenizações, ações de despejo e cobrança, falecimentos e inventários e negociações de contrato.

Advogado Criminalista

O advogado criminalista atua na defesa daqueles que forem acusados de um crime, não importante se for o réu é inocente ou culpado. Nesse caso, essa categoria de advogado procura defender o cliente de maneira justa diante das leis.

Advogado Digital

Diante de um mundo tão tecnológico, essa é uma das mais recentes áreas do direito. O profissional vai atuar para que as normas e regras do ambiente virtual sejam efetivadas. A sua função pode estar relacionada com a orientação ou defesa de empresas na criação de contratos ou em casos de pessoas físicas que são vítimas de crimes online.

Advogado Tributário

Essa categoria está conectada aos tributos de seus clientes. Atua prestando consultoria e criando planejamentos tributários, em ações preventivas, na recuperação de créditos tributários e na regularização de pendências, além de fazer o acompanhamento e a própria defesa em processos de execução.

Advogado Trabalhista

O advogado trabalhista pode atuar tanto na defesa de um empregador quanto na de um empregado. Estão, normalmente, envolvidos em casos de rescisões de contratos, nos cálculos de horas extras ou férias, em desvios de função, entre outros.

Além desses tipos de advogados que citamos, também há outras categorias para que um profissional de direito possa atuar. Por exemplo: advogado empresarial, advogado do consumidor, advogando ambientalista, e por aí vai.

A importância de advogar

O advogado tem um compromisso com a comunidade. Ele é o responsável por defender e garantir os direitos de todos de uma sociedade perante as leis vigentes.

Sendo assim, o profissional deve estar em constante atualização, mantendo-se preparado para conseguir atender a todos de maneira justa e leal. A sua atuação é indispensável para que a justiça seja feita. O advogado tem a capacidade de prestar assessoria e consultoria jurídica a fim de proteger os cidadãos e seus interesses.

Recent posts

Menu

Pages